Buscar
  • Lucedile Antunes

Covid-19: E Agora? Reflexões para Transformar a sua Gestão

Você já parou para pensar que quando tudo isso passar, será que tudo realmente voltará a ser como era antes do COVID-19?


Estamos em um mundo em transformação.


O futuro virou atual e emergente!


O novo normal;

O comércio online deixa de ser uma opção secundária de compra;

Educação online mais presente;

Hábitos de viagens à trabalho são substituídas por videoconferências;

Telemedicina;

Modo de viver e se relacionar irá mudar;

Gestão nas empresas mais humanizada;

Inteligência Artificial;

Novas competências


Ufa.....Quanta transformação!!!!!


É momento de criarmos consciência de que esta crise nos traz grandes oportunidades de mudanças.

Neste artigo compartilho com vocês minhas reflexões sobre o novo olhar que devemos dar para a gestão das empresas.

Nos mais de 20 anos atuando como consultora organizacional e coach venho observando, que há a necessidade do olhar para o ser humano, não mais como uma peça produtiva, mas como alguém que precisa estar bem, para que possa dar o seu melhor neste sistema vivo que chamamos usualmente de “Organização”.


A primeira coisa que as empresas devem buscar, é o olhar para as relações das pessoas, buscando relacionamentos saudáveis, criando um ambiente de escuta empática.

E para que isso aconteça se faz necessário fortalecer relações de confiança sólidas e de profundidade, que convidem a equipe a ter muito mais autonomia e criatividade.


Cuidar do desenvolvimento da cultura, é fundamental, pois pessoas que estão desalinhadas com a cultura, mesmo que entreguem excelentes resultados financeiros, causam grandes estragos na cultura, ferindo os valores da empresa.


Implementar ferramentas de gestão participativa, orientadas por valores, propósito e resultados coletivos, será uma excelente opção para o engajamento dos times.


Gerir equipes e projetos com resultados que emergem pela inteligência coletiva e ação colaborativa, é o grande olhar que devemos dar.


Olhar para a saúde integral das pessoas (Mente | Corpo | Alimentação), para que todos estejam saudáveis e possam ser e dar o seu melhor, é algo nunca pensado antes.

Acolher a diversidade e o momento de cada um, serão fundamentais para que as pessoas se sintam acolhidas e pertencentes.


Proporcionar diálogos soltos para expressarem suas dores e desta forma buscar a auto cura do sistema, afinal, a organização é um sistema vivo.


Criar espaço para aprender, errar e experimentar, sem que o erro seja punido, afinal o erro da experimentação gera transformação.


Dar liberdade com responsabilidade através de princípios.


Criar a melhor experiência de jornada das pessoas dentro da organização.


Buscar soluções para melhorar positivamente o impacto que estamos causando (dentro e fora da empresa).


E para finalizar, o grande aprendizado que tiraremos desta quarentena, é que devemos buscar muito mais soluções em rede, fazendo trocas se ajudando de forma mútua.


Lucedile Antunes é Palestrante, Coach e Consultora Organizacional

0 visualização