top of page
Buscar
  • Foto do escritorLucedile Antunes

8 dicas mostram como as softs skills podem promover a saúde mental no trabalho


As habilidades emocionais, conhecidas como soft skills, desempenham um papel crucial na promoção da saúde mental na vida e no ambiente de trabalho, algo que vem sendo cada vez mais debatido dentro das empresas. Independentemente de cargos, palavras como empatia, comunicação não-violenta, resiliência e trabalho em equipe são características essenciais buscadas para a construção de um clima organizacional saudável. 

Uma pesquisa realizada pela Infojobs, divulgada em 2023, revelou que 86% dos funcionários mudariam de emprego para preservar a saúde mental. Outro número alarmante é o da Organização Mundial da Saúde (OMS), que mostra que 86% dos brasileiros têm algum transtorno mental, como ansiedade e depressão. Dados como esses vêm mostrando a importância do clima nas empresas.

Para Lucedile Antunes, especialista em desenvolvimento humano e idealizadora da série de livros sobre soft skills, a mudança desse quadro está na promoção e no conhecimento sobre as habilidades emocionais que todos os níveis dentro de uma organização podem ter. "O comportamento é a chave para o convívio, mas só é possível entender que ele faz bem ou mal quando olhamos para eles. Pensar em soft skills é reconhecer que os comportamentos moldam os ambientes e todos nós interagimos com ele", explica a especialista.

Lucedile listou 8 habilidades que podem ser aprendidas e quais as vantagens que elas trazem para o clima organizacional: 

1 - Comunicação Eficaz:

Redução de mal-entendidos: A comunicação clara pode prevenir conflitos, reduzindo assim o estresse.

Expressão de necessidades: Habilidades de comunicação ajudam na expressão de necessidades e preocupações de maneira assertiva, facilitando a resolução de problemas antes que eles se tornem maiores. 

2 - Empatia:Suporte emocional: A empatia permite que colegas de trabalho se compreendam e apoiem uns aos outros, o que cria um ambiente de trabalho mais solidário e integrado.

Reconhecimento de sinais de estresse: Com a empatia, os funcionários são mais capazes de reconhecer quando alguém está passando por dificuldades e podem oferecer apoio ou sugerir recursos de ajuda.

3 - Trabalho em Equipe:

Sentimento de pertencimento: Trabalhar bem em equipe pode fomentar um senso de comunidade e pertencimento, o que é crucial para a saúde mental. Ninguém faz nada sozinho.

Divisão de tarefas: Habilidades de colaboração permitem uma distribuição equilibrada do trabalho, evitando sobrecarga em colaboradores específicos.

4 - Resiliência:

Gerenciamento de estresse: Resiliência ajuda as pessoas a lidarem melhor com o estresse e a se recuperarem de contratempos.Adaptação a mudanças: A capacidade de se adaptar a mudanças e desafios de maneira positiva pode reduzir a ansiedade associada à incerteza no ambiente de trabalho.

5 - Inteligência Emocional:

Autoconsciência: Ser consciente das próprias emoções ajuda na gestão do estresse e na prevenção do burnout.Gestão de relacionamentos: Habilidades de inteligência emocional melhoram a qualidade dos relacionamentos no trabalho, promovendo um ambiente mais harmonioso.

6 - Gestão de Tempo:

Redução da sobrecarga: Habilidades de gestão de tempo ajudam os indivíduos a priorizarem suas tarefas de forma eficiente, evitando a sobrecarga de trabalho.

Balanceamento trabalho-vida: Uma boa gestão de tempo permite um melhor equilíbrio entre vida profissional e pessoal, essencial para a saúde mental.

7 - Resolução de Conflitos:

Ambiente harmônico: Habilidades de resolução de conflitos são essenciais para manter um ambiente de trabalho positivo, reduzindo o estresse e a ansiedade.

Prevenção de problemas: A capacidade de resolver conflitos de maneira eficaz pode prevenir que pequenas desavenças se transformem em grandes problemas para a organização.

8 - Criatividade e Inovação:

Envolvimento e satisfação: Promover a criatividade pode aumentar o envolvimento no trabalho e a satisfação pessoal.Abordagem positiva aos problemas: Encorajar soluções inovadoras pode transformar problemas em oportunidades, reduzindo a frustração e o estresse de toda a equipe.

Desenvolver essas soft skills pode não só melhorar o desempenho no trabalho, mas também pode criar um ambiente mais saudável e justo, o que contribui significativamente para a saúde mental de todos.


Sobre Lucedile Antunes: Ela é uma das referências no Brasil no desenvolvimento de soft skills. Autora de mais de 10 livros e diversos artigos sobre o tema Pessoas e Organizações. Idealizadora da série soft Skills, reconhecida como best-sellers pela revista VEJA. Consultora de gestão de pessoas, Coach com reconhecimento pela International Coach Federation (ICF) e interventora da Human Code na ferramenta de mapeamento humano. Palestrante, escritora e mentora, palestrante e uma engenheira de pessoas, fundadora da L. Antunes Consultoria & Coaching, idealizada com a missão de desenvolver pessoas e empresas, visando potencializar resultados pessoais e profissionais. 

 

2 visualizações0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page