Buscar
  • Lucedile Antunes

Como estruturar sistemas de gestão eficientes










Para que o sistema de gestão da qualidade, ambiental e de segurança e saúde seja realmente adotado por todos na organização, principalmente no setor da construção, em que necessitamos de tantas melhorias para sermos mais competitivos, e para recuperarmos a credibilidade perdida neste momento do nosso pais, devemos primeiramente fazer a seguinte reflexão:


Para que serve efetivamente um sistema de gestão? Sem esta reflexão, não é possível prosseguir. Ela é o “alicerce”, para se criar um sistema de gestão eficiente.


Sempre que eu vou dar início aos meus trabalhos de consultoria, eu convido a alta direção e equipes a refletirem: Porque sua organização busca implantar um sistema de gestão? Que benefícios e resultados pretendem alcançar?


E muitas vezes a resposta que temos é que a organização está buscando implantar um sistema de gestão, pois é uma exigência de mercado, ou um requisito para se obter o financiamento bancário, mas ainda são poucas as vezes, em que eu escuto a construtora A ou B me dizer que quer implantar pra buscar eficiência dos processos.


Os Sistemas de Gestão das empresas eram dissociados da gestão do negócio, não havia uma conexão com o Planejamento Estratégico das organizações. O Sistema de Gestão tinha como ponto de partida a Política da Qualidade.


Com o advento da nova abordagem das normas ISO, nós teremos um sistema de gestão desenhado para atingir o Direcionamento Estratégico da empresa. Portanto, agora há uma clara "amarração" entre a Gestão do Negócio com o Sistema de Gestão.

Então, um exemplo de direcionamento estratégico pode ser a sustentabilidade econômica da organização através de processos eficientes.


Eficiência é a relação entre o resultado alcançado e os recursos usados.

Portanto todos os processos na organização (comercial, projetos, planejamento, orçamentos e controle de custos, pré-obras, suprimentos, obras, assistência técnica, segurança do trabalho, meio ambiente, etc), deverão ser desenhados com este objetivo de fazer mais com menos recurso, ou seja, se desdobrando do comercial, que é a contratação da obra, passando por todos os sub-processos de obras e chegando até a assistência técnica pós obra.


Grande Abraço


Lucedile Antunes é Consultora organizacional em “Processos” e “Pessoas”, Escritora, Coach e Palestrante. Contatos: (11) 98424-9669 lucedile@lantunesconsultoria.com.br

0 visualização